5 Passos para Eliminar a Dor da Rejeição

O que fazer quando não paramos de pensar em alguém que nos rejeita?

 

Acho que uma das coisas que mais almejamos é ter uma linda relação de amor. Quando encontramos alguém legal e nos sentimos bem, queremos prolongar essa sensação. Até o dia em que essa pessoa não quer mais ficar com a gente…

Essa é uma das maiores dores do coração, e um dos maiores medos interiores que todos temos (consciente ou inconsciente).

 

A dor que mais dói: a rejeição no amor

 

Não tem nada que doa mais no coração do que se sentir rejeitado no amor.

 

Eu já senti isso na pele muitas vezes.

 

Em meados de meus 20 anos, fiquei 2 anos sofrendo por essa dor. Me deixei totalmente levar por ela. Emagreci, nada me interessava, me sentia arrasada, deprimida… E recentemente esse sentimento voltou a se apresentar para mim.

 

Hoje, já perto dos 40, conheço bons instrumentos para lidar com sentimentos difíceis (graças à Ecopsicologia). E essa dor parece que chegou para me testar. Isso para mim foi um grande sinal. Ainda mais neste momento em que estou realmente aprendendo a ouvir a minha natureza interior.

 

A dor veio e deixei-a passar por mim: quando me sentia rejeitada pela pessoa que eu pensava, eu deixava o sentimento vir à tona, e chorava intensamente por alguns instantes. E depois me concentrava no sentimento que eu queria sentir: amar, ser amada e correspondida.

 

Também apliquei mais algumas técnicas, que me ajudaram a superar de vez essa dor avassaladora. Compartilho todas elas com você!

 

Confira então os 5 Passos para Eliminar de Vez a Dor da Rejeição

 

Seguindo esses passos, a dor vai amenizar até praticamente desaparecer. Em pouco tempo, a dor de pensar na pessoa que te rejeitou irá e te incomodar cada vez menos. E você será capaz de se abrir para novos relacionamentos e voltar a se sentir feliz.

 

  1. Aceitar que o outro não está disponível

 

A primeira resolução a se fazer é aceitar que a pessoa que gostamos não está interessada em nós do mesmo jeito e no mesmo momento que nós. Essa decisão deve vir de dentro, é uma conclusão lógica para quem está de fora. Mas para quem está sofrendo, nem sempre é fácil aceitar ou enxergar a verdade: que a pessoa que queremos não está disponível para se relacionar com a gente. É um dado de fato, que precisa ser encarado de frente. E não adianta nada ficar pensando quais os motivos dela não estar disponível, nem ficar se sentindo uma caca porque a pessoa nos rejeitou. Só aceitando este fato é que é possível abrir o coração para uma nova relação que seja recompensante e de sentimentos recíprocos.

 

2.  Deixe a dor passar por você: dói, mas passa

Ao deixar o sentimento de rejeição passar, sofrendo mesmo, chorando, deixando ele aflorar dentro do coração, cada vez menos ele incomodará. É preciso ter a consciência de que os sentimentos são coisas que passam pela gente. Eles não são a gente. Muitas vezes é difícil notar essa característica pois ele é tão visceral que nos identificamos com ele a ponto de achar que ele faz parte da gente. Aí é que ele nos engana e permanece preso em nossos corações, nos fazendo sofrer ininterruptamente. Passamos a viver em função da dor. Nossa cabeça fica concentrada nela, e até a depressão pode nos pegar desprevenidos. Por isso é importante sofrer no momento em que a dor aparece: vai doer um pouco (ou muito), mas ela vai passar e ir embora pro nada de onde veio. Ela e você não são a mesma coisa. Ela só está te fazendo experimentar a dor, para que depois você saiba o que é a felicidade. Deixe-a passar, sem se prender nela. E depois focalize no como quer se sentir: amado, amando e correspondido.

 

3. Sinta essa afirmação reverberar dentro de você: Amo, sou amado e correspondido

Depois de ter deixado a dor passar pelo coração, sem se deixar levar por ela, é o momento de focar no que você quer sentir: amar, ser amado e correspondido. Pense nessa frase, nas sensações que ela te traz, nas lembranças boas de relações felizes. Foque no sentimento bom que ela traz. Pare alguns instantes e sinta o sentimento de amar, ser amado e correspondido. Se deleite com essas sensações, pois elas abrem o caminho para que este tipo de relação chegue para você.

 

4. Meditação para o perdão

Perdoar a pessoa que nos fez sofrer é um bom ritual para se livrar de vez da dor. Perdoar quer dizer que ao pensar na pessoa não sentimos mais sofrimento. Apesar de parecer ser o outro que nos causa o sofrimento, somos nós que sentimos a dor. O que o outro faz ou deixa de fazer não é a real causa dos nossos problemas. Quem sofre é que há algo dentro a ser resolvido. E por isso que só quem sofre é que pode tomar a decisão de parar de sofrer e fazer algo para isso.

 

5. Se abrir para novos relacionamentos

Após ter perdoado, você está pronto para o que der e vier! Se você não se deixa aberto e receptivo para novas possibilidades, o seu coração se fecha. E isso te leva a não deixar mais ninguém se aproximar dos seus sentimentos. Esse tipo de mecanismo é muito comum. Muitas pessoas ao sofrerem uma rejeição, se deixam tanto levar pela dor que não conseguem se abrir para outras relações mais satisfatórias.

 

Foi isso que aconteceu comigo durante os 2 anos que sofri desesperadamente (e desnecessariamente) por uma pessoa que não me queria. Eu fiquei na dor. Não a deixei passar e ir embora. A prendi em meu coração, e me fechei para todas as outras possibilidades. E o mais engraçado: após 13 anos, essa mesma dor voltou à minha vida, e me fez lembrar deste homem pelo qual sofri tanto. Esse foi um importante sinal: de que esse sentimento ainda precisava ser elaborado, curado e perdoado.

 

 

E você se sente ou já se sentiu rejeitado?

Me conte, vou adorar saber e conversar sobre isso!

 

E com esses passos que compartilhei aqui, agora me sinto muito mais leve, a dor não me incomoda mais, e estou aberta para novas possibilidades. A dor passou por mim, doeu, mas se foi.

 

Me sinto aliviada. Agora, quando penso nas pessoas que me fizeram sofrer, não sinto mais aquela pontada no coração.

 

Resultado: a rejeição empoderou a minha natureza interior!

 

Agora me sinto mais forte e pronta para encarar novos relacionamentos!

 

Valeu!

Isa Gama

Fundadora do Desenvolvimento Natural
Foto: Adriana Cecchi via Visual hunt / CC BY-NC-SA

 

There was an issue loading your timed LeadBox™. Please check plugin settings.

Deixar uma resposta